Qual é o ritmo da sua vida?

Não consigo enxergar a minha vida com um ritmo linear, às vezes tudo acontece muito rápido... em outros momentos o tempo custa a passar.




Com o tempo a agente aprende a respeitar nosso próprio ritmo, usufruindo de tudo o que ele pode trazer de bom para gente. Na agitação, hoje aproveito para produzir, planejar e executar e quando o corpo e a alma pedem sossego, aproveito para descansar, buscar inspirações e deixar a mente criar... no meu ritmo.




E por falar em ritmo percebi que os ambientes que frequento também transitam com ele! Não sei se você já percebeu isso... quando estou acelerada a cozinha (perto da cafeteira) é meu lugar preferido da casa... quanta coisa já produzi por lá, quantas risadas, momentos e pratos compartilhados.



Quando estou no slow down a sala de tv, quarto e varanda são meus refúgios e em todos esses ambientes tenho poltronas bem aconchegantes, com tecidos escolhidos para cumprir com o papel de um bom abraço! Não poderia ser diferente... os móveis “caminham” comigo em todos os momentos e cumprem com papéis de valor inestimável.



Em alguns momentos de agitação em que o corpo grita para desacelerar mas o momento não permite eu me permito viajar para esses lugares, dentro da minha mente... o sensorial deixa nossa memória apta a trabalhar em favor do nosso bem-estar e é aí que o cenário entra forte e participar de todo esse contexto de criação de memórias e sensações faz o meu trabalho aqui na Mister Wood fazer sentido, ter um propósito.


Toda história tem um cenário! Todo ritmo está ambientado, qual é o cenário da sua vida?


Até o próximo post!

Abraços, Richeli Mazotti.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo